Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Geloteca recebe doações de livros na praça “Findalinha” de Tupã
Início do conteúdo da página

Geloteca recebe doações de livros na praça “Findalinha” de Tupã

Publicado: Sábado, 18 de Junho de 2016, 15h37 | Última atualização em Sábado, 18 de Junho de 2016, 15h42 | Acessos: 1565

Uma simples geladeira antiga que se transforma em “biblioteca” tem se tornado a melhor forma de compartilhar livros e conhecimentos em Tupã, que pela primeira vez recebeu um objeto tão importante para a população

A Geloteca foi inaugurada no município durante a 1ª edição do Arte na Praça realizada na praça “Anísio Carneiro”, popularmente conhecida como praça do “Findalinha”, defronte ao Fórum.

A Geloteca é uma fonte de conhecimento e conta com livros disponíveis para empréstimos e trocas e tem como objetivo promover a leitura e a circulação de livros de forma gratuita nas praças da cidade, além de ampliar o hábito da leitura, estimular a imaginação e a criatividade, impulsionar a vida profissional e pessoal e desenvolver a escrita e o vocabulário.

Qualquer pessoa da comunidade pode doar livros de diversos gêneros como autoajuda, aventura, biográficos, didáticos, ficção científica, ficção histórica, infanto-juvenil, infantil, poesia, política, romances, contos, crônicas, entre outros, desde que estejam em boas condições de conservação.

O interessado na leitura poderá fazer empréstimos gratuitos, a qualquer hora, sem necessidade de cadastro. O leitor terá apenas o compromisso de devolver o livro quando terminar a leitura, para que a obra possa ser lida por outras pessoas.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Anderson Medeiros, a Geloteca tem atendido diversas pessoas diariamente, oferecendo assim, mais opções de lazer com leituras e entretenimento.

“Não é só a questão do acesso a literatura, mas também da reutilização das geladeiras que muitas vezes são descartadas incorretamente, sem falar no incentivo para a cultura através do grafite. É possível observar que a população aderiu essa idéia da Geloteca como forma de leitura, lazer e entretenimento entre as pessoas”, disse.

Ele ainda ressalta a importância da população em contribuir com esse projeto tomando os devidos cuidados com os livros e com a geladeira.

“Nós temos uma riqueza imensurável de leitura dentro da Geloteca, por isso temos que cuidar e zelar pelo nosso objeto que oferece tanto conhecimento. Peço que as pessoas não cometam atos de vandalismo, vamos construir pontes de conhecimentos para as próximas gerações”, disse.

Anderson também vê com otimismo o futuro do projeto e diz acreditar na expansão para outros pontos da cidade. “É a primeira vez que Tupã recebe uma Geloteca e a população gostou da ideia, por esse motivo, queremos expandir essa iniciativa. Nosso objetivo é que a troca de livros seja uma coisa natural entre as pessoas, que passe a fazer parte da rotina do município e que assim chegue cada vez mais longe. Em breve vamos inaugurar outra Geloteca durante o Arte na Praça”, informou.

A Secretaria de Cultura está aberta a doações de livros e de geladeiras, porém é necessário que estejam em bom estado de conservação tanto para uma maior durabilidade do projeto, quanto para facilitar a pintura e também a doação de livros.

Os interessados em doar podem levar os livros diretamente na Geloteca que está na praça do “Findalinha” ou entregar na Secretaria Municipal de Cultura, situada na avenida Tamoios, 1.685 das 7 às 13 horas, ou entrar em contato através do telefone 3491-3015.

Fonte: Prefeitura Municipal de Tupã

registrado em:
Fim do conteúdo da página